Teoria musical e método de Xilofone percussivo



Teoria musical gratis de Xilofone percussivo
O instrumento

Xilofone, do grego xylon - "madeira" e phone - "som, voz", algo como "som da madeira", é o nome genérico para vários instrumentos musicais, mais precisamente idiofones percutidos, que consistem em várias lâminas de madeira dispostas cromaticamente.

O xilofone propriamente dito é um instrumento musical definido como de percussão, de altura definida ou de som determinado.

Compõe-se de uma sequência ordenada de placas de madeira, dispostas de maneira análoga às teclas de um piano. Desta maneira, as placas de madeira de som mais grave estão à esquerda do executante e, em direção à direita, as notas vão tornando-se agudas.

Há uma sequência de placas em primeiro plano que equivalem às teclas brancas do piano (notas naturais) e, em segundo plano um pouco mais elevadas, as placas de madeira que equivalem às teclas pretas do piano - notas acidentadas.

Sob cada placa de madeira, há um tubo de ressonância, geralmente em alumínio, que dá corpo ao som.

O xilofone apoia-se sobre um suporte ou mesa com rodízios. Percutem-se as placas de madeira usando bilros (baquetas com cabeças), que podem ser de madeira, de borracha ou de material sintético.

Seja o primeiro a compartilhar conteúdo didático para esse instrumento!

Voltar




Patrocinado